top of page
  • Foto do escritorTatiane Moreno

Sistemas Agroflorestais: uma revolução dentro de uma horta


Você já ouviu falar sobre Sistemas Agroflorestais? Eles são muito mais do que apenas uma forma de cultivo. São uma abordagem inovadora que promove uma agricultura mais sustentável e amiga do meio ambiente.


Vamos conversar um pouco sobre os Sistemas Agroflorestais e o motivo de estarem se tornando cada vez mais populares.


Propridedade atendida pela Hortelar: canteiros de horta, árvores frutíferas e espécies de pecuária habitando a mesma região e fortalecendo o ecossistema



O QUE SÃO SISTEMAS AGROFLORESTAIS?


Em poucas palavras, os Sistemas Agroflorestais são uma maneira inteligente de cultivar alimentos, combinando árvores, culturas agrícolas e, às vezes, animais em uma mesma área.


Imagine uma espécie de "floresta comestível", onde árvores frutíferas, como mangueiras ou macieiras, convivem harmoniosamente com plantações de folhas, feijões, cenouras, ervas e até mesmo com criações de galinhas, porcos e abelhas.


PARA ENTENDER TAMANHA IMPORTÂNCIA


Os Sistemas Agroflorestais oferecem uma série de benefícios tanto para os produtores quanto para o meio ambiente.


Sustentabilidade ambiental e biodiversidade: criam habitats diversos que podem abrigar uma ampla variedade de espécies vegetais e animais, promovendo assim a biodiversidade local. Ajudam também a preservar o solo, reduzindo a erosão. As árvores contribuem para a captura de carbono e para a manutenção do equilíbrio hídrico.


Cultivo mais diverso e segurança alimentar: ao combinar diferentes tipos de plantações e árvores, os sistemas agroflorestais podem aumentar a diversidade de culturas e produtos, reduzindo assim o risco de falhas de safra e melhorando a segurança alimentar.


Conservação do solo e da água: as árvores ajudam a reduzir a erosão do solo, melhoram a infiltração da água e podem até mesmo ajudar a reabastecer os lençóis freáticos. Isso resulta em uma maior saúde do solo e em uma gestão mais eficiente da água.


Rentabilidade: embora possa parecer contraintuitivo, os Sistemas Agroflorestais podem ser mais lucrativos do que monoculturas. As árvores, além de fornecerem frutas ou madeira, melhoram a qualidade do solo e por consequência aumentam a produtividade das culturas agrícolas.


Qualidade de Vida: os Sistemas Agroflorestais criam ambientes mais agradáveis ​​para se trabalhar, oferecendo sombra, habitat para animais e até mesmo oportunidades de lazer, como a colheita e consumo de frutas frescas e a conexão com a natureza.


A IMPLEMENTAÇÃO DE UM SISTEMA AGROFLORESTAL


A implementação de um sistema agroflorestal requer planejamento e conhecimento, mas os resultados valem a pena.

Os produtores podem começar aos poucos, adicionando árvores às suas áreas de cultivo existentes e observando os benefícios ao longo do tempo.


Um ponto muito interessante é que um Sistema Agroflorestal pode estar presente nos mais diversos portes de culturas, fazendo com que seja possível implementá-lo em hortas de qualquer porte, sejam particulares, corporativas ou de fornecimento.


A escolha do tipo de sistema agroflorestal depende das condições locais, dos objetivos do produtor e das características do terreno. Portanto, recursos como assistência técnica e capacitação são fundamentais nesse processo de transição, pois garantem o equilíbio entre as espécies sem gerar competições que possam trazer prejuízos aos resultados finais.


Os Sistemas Agroflorestais representam uma mudança de paradigma na agricultura, promovendo a coexistência harmoniosa entre humanos, flora e fauna. Ao adotar essa abordagem inovadora, os produtores podem não apenas garantir sua subsistência e de uma comunidade, mas também contribuir para um futuro mais sustentável e alinhado às melhores práticas.


Então, que tal dar uma chance aos Sistemas Agroflorestais e fazer parte dessa revolução verde?


Aqui na Hortelar somos capacitados para projetar, concretizar e acompanhar estes espaços, sejam eles já existentes ou começando do zero.





8 visualizações0 comentário
bottom of page